Sou o universo

Ainda não explorado

Sou tal como o fruto

Proibido de ser tocado.

Sou a entrada

Impossível de ser transitada

Cuja faixa  exibe

Não podes fazer caminhada.

Sou como a alma dos feridos

Que morrem sem salvação

Pra minha dor necessito

De um pouco de ilusão.

Mas também sou como pássaro cativo

Que se prende por atrás das grades

Por medo de voar.

Sou o tempo,

Sou o vento,

Não posso me apaixonar.

Sou a noite

Sou o dia

E da canção

Sou simples melodia.

Sou menina

Sou mulher

Mergulhada em fantasia

Que se cala

Se anula

E se revela em poesias







 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Art by Lil Kitty Graphics adapted by Águia Real