Escrevo em folhas do vento

Os sonhos que não cabem em mim

E em teu corpo

O meu poema vivido

Sentido

Parido de um amor sem fim...

 

Escrevo em teu corpo

Dedilhando sobre a pele

O desejo que ocultei

E que faz-me louca, assim...

 

Nele eu escrevo

Grifando

Registrando

Com meu corpo

A emoção desse amor

Que não cabe dentro de mim...
 

 



 

Clique na figura
envie sua mensagem


 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br