Nádya Haua

 

 

 

Quero te fazer um poema...

Não escrito,

Mas,

Sentido.

Desses de tocar tua pele

Acariciar teu rosto

E, me entregar por inteiro

O corpo,

Meu todo,

Num todo,

Em nossas bocas

A saliva fazermos a troca.

Quero te fazer um poema...

E nele dizer do teu beijo, que embriaga

Dos lábios que despertam paixões

Do teu cheiro de amor

Que exala desejos.

Quero te fazer um poema...

Sussurrando em teus ouvidos

Palavras que por vez o peito emana,

Tirar teu óculo,

Beijar teus olhos,

Tocar teus lábios,

Teu pescoço,

Teu peito,

De forma pura,

Suave

E deixar-te daquele jeito,

Perfeito!

Quero te fazer um poema...

Em nosso leito

Ritmado em movimentos faceiros,

Leves,

Outrora agressivos

E deixar que o coração salte do peito

Enlouquecido,

Após o poema recitado.

Quero tanto te fazer um poema...

Um poema de nossas vidas

Um simples poema de amor.



 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo