Odette Haua




Como você era linda aos quinze anos!

Mas... O tempo teve pressa em passar...

Mãe

Esta foto retrata dois momentos importantes
em nossas vidas:

O primeiro, mostra-nos um tempo emoldurado,
retirado de nós e eternizado na doce lembrança.

Uma jovem mulher, com olhar firme,
determinado, para o futuro, que se revela
aos seus oitenta e seis aninhos.

Uma vida de lutas, lágrimas, sofrimentos,
fraquezas e vitórias.

Uma vida, que mesmo, em momentos difíceis,
nos serviu e ainda nos servem,
como um grande exemplo de mulher, que és!
Virtuosa, destemida, digna de ser o espelho,
para as sementes, que sabiamente soube plantar e cultivar nesse solo fértil denominado Odette Haua! Odette Mulher! Odette Mãe!

O outro momento mãezinha

Retrata a saudade daquele, que ampliou a foto,
em seus mínimos detalhes, para oferta-la no seu dia,
no dia das mães, pois esta é a foto,
que a senhora  mais gosta.
Infelizmente mãe, o tempo para seu querido
filho Elmustanged, meu saudoso irmão,
não foi tão generoso quanto deveria ser.

Ele partiu cedo demais e não teve
como lhe ofertar a foto tão esperada,
que ao longo desses dez anos,
também sofreu modificações. 

Contudo mãezinha...

Nós suas sementes estamos hoje,
aqui reunidos e unidos à saudade
de nosso querido irmão nessa singela homenagem,
para dizer-te:

Mãezinha, como és linda aos oitenta e seis!

 

Receba mãezinha o carinho de seus amados filhos
Elmustanged (In Memorian) – Saladino
Mohamad Nasser – Constantino – Jorge – Fátima
Cadija – Najda – Inamar – Leila e Nádya Haua.

12/05/1997

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br