Aqui,

Justo aqui

Onde tudo era aconchegante

Onde tudo era brilhante

Com o tempo se ofuscou...

Aqui,

Justo aqui

Onde fomos amantes

Onde juntos e confiantes

Fizemos juras de amor.

Aqui,

Justo aqui

Que amando-nos com carinho

Aumentamos nosso ninho

Duas filhas...

Que amor.

Aqui,

Justo aqui

Onde a paz reinou um dia

Hoje existe a melodia

Bem mais triste que essa poesia

Hoje só há rancor.

Aqui,

Justo aqui

Em meu quarto já sem cor

No qual desabafo e sinto

A falta de um grande amor.
 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo