Eu e a Minha Menina



 

 

 

Como o tempo passou rápido

E nem dei conta de que crescias

Vejo sua foto aos oito meses

E sinto saudades do meu bebê tão fofinho...

Priscilla aos oito meses, muito fofinha


Minha menina...

Ainda ontem te levei à escola

Segurei em suas mãozinhas

E juntas brincamos de aprender e ensinar...


 

Monique, Carolina, Angélica, Priscilla e a professora Sueli


Era tudo tão divertido

Quando brincávamos de casinha de boneca

E você era minha bonequinha.


 

Priscilla deveria chamar-se sorriso... vive a sorrir


Lembro-me do bolo que fazia

Para o aniversário de suas filhinhas

Que até madrinha tinham, pois as batizamos

E o pobre do Beto, fazia sempre a vez do padre

Pois era o único a brincar, com você e as outras meninas.

Minha menina...

Por que o tempo teve pressa de passar?


 

No Colégio, ela dizia que as notas vermelhas
eram por falta de caneta azul... bem esperta!


Mas seu jeitinho travesso continuou

Estampado em seu rostinho

mesmo ao completar quinze anos.


 

Quinze anos de minha gatinha


Minha menina...

Eu fui criança a brincar com você

Fui anjo da guarda a velar seu sono, aos pés da cama

Fui mão amiga em seu caminhar

E juntas trilhamos um lindo caminho.

Hoje...

hoje vejo aquela menina linda

Minha enfermeira dedicada

Colocando em seu dedinho

A aliança de noivado.


 

Como enfermeira é uma profissional dedicada e aplicada


Minha menina cresceu

Descobriu o amor

Está amando


 

Priscilla e o noivo Paulo Roberto, em visita ao Cristo Redentor


E se preparando para construir sua família.

Que Deus abençoe sua união com Paulo Roberto.

Seja feliz Priscilla!

Seja feliz minha filha

Minha menina.


 

Eles formam um lindo casal


19/08/2006

Noivado de Priscilla



 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br