A primeira é sempre especial

Fica gravada na lembrança

É como pergunta repentina

Que sai da boca de uma criança...

Depois dela veio outras

E com certeza outras virão

Por todas tenho imenso carinho

Pois as amo de paixão...

Cada uma tem sua história

Suas amarguras

Alegrias

Fracassos

E vitórias...

Passaram no teste da exposição

São aplaudidas

Aclamadas

E mexem com minha emoção...

Dei-lhes nomes diferentes

Mas não perdem o sentido

Quando deitadas em folhas virgens

Paridas de meus escritos...

Poesias de minha vida

Poesias, minha cria

A elas tenho o mesmo amor

Que tenho por minhas filhas....

 

 

 

 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br