De você aceito tudo

Seja lá como for

Aceito carinho e atenção

Até mesmo, migalhas de amor.

Migalhas que não foram compreendidas

Da forma que deveriam ser

Ao referir-me as migalhas

Não tive a intenção de ofender.

E, eu louca e apaixonada

Necessito viver de migalhas

Do que de seu amor nada ganhar

Dizem que o pouco com Deus é muito,

Eu aceito, não resmungo,

Seja do jeito que for.

Pois jamais sobreviveria

Sem essas migalhas de amor.

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo