Era noite em meus dias

Sem estrelas

Sem brisas

Sem luar.

Era dia em minhas noites

Sem sol

Sem calor

Sem mar.

Era a tempestade negra

Em minha calmaria

Era o silêncio em minha euforia.

Era tempo de sonhos

De colher o fruto e a flor

Era tempo de amar

E eu em meu desamor.

Eram dias de outono

Em meu peito de inverno

Era a saudade angustiosa

Tornando a vida um inferno.

Era noite em meus dias

Em dia lindo com fulgor,

Era eu e a lembrança

Sem você

Meu grande amor.

 




 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo