Sou...

O vazio que não tem fim

Templo que não abriga

Chuva que não cessa

Ferida que não cicatriza.

Sou...

A ave sem seu vôo

A fé sem o verdadeiro crer

Sou deserto

Terra árida

Se não tenho mais você.

Sou...

O andar sem ter rumo

O silêncio do não falar

Sou o rio que se perde

Esquecendo o caminho do mar...

 

 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br