E assim, passaram-se 59 anos...

 

 

Seu rosto não é mais o mesmo,

seus cabelos deixam escapar uma nova cor,

 suas emoções estão mais frágeis,

mas em seu interior, pulsa incansavelmente

aquele mesmo amor...

 

 

 

 

Um amor sem medida,

 amor que revela o companheiro e amigo,

o esposo, namorado, amante,

o pai exemplar cuja doçura, ternura,

é contagiante...

 

 

 

 

Hoje meu querido,

quero dizer daquele rapaz de barba e cabelos negros,

que conheci há 36 anos,

e que hoje, tem a alegria de comemorar mais uma primavera,

cercado de carinho da família e amigos

que tanto o considera...

 

 

 

 

Feliz aniversário Hélio querido!

Feliz aniversário, meu eterno marido!

 

 

 

 

 

 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br


Página melhor visualizada com Internet Explorer 4.0 ou superior - 1024x768
Copyright© Simplesmente Poeta - Todos os direitos reservados -
Política de Privacidade