O que há atrás deste meu olhar?
Não há cercas
Nem quintais
Nem arvoredos
Não há algemas
Carceragem
Nem mais meu próprio medo...
O que há atrás deste meu olhar?
Não há sonhos florindo
Nem sol surgindo
Para a vida encantar...
Não há canção
Nem ilusão
Não há razão
Nem a doce brisa do mar...
O que há atrás deste meu olhar?
Não há terras distantes
Suspiros ofegantes
Nem saudades do amante
Que fez a carne afoguear...
Não há mais céu
Nem mais estrelas
Não há vida
Nenhuma certeza
Além deste meu questionar:
O que há?
O que há atrás deste meu olhar?



 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br