Vazio...

São os dias ausentes

As tardes sem você

A vida não presente

E a saudade sem poder te ter.

Vazio...

É a noite, sem seu breu

A onda sem seu mar

A estrela sem seu brilho

E a certeza de não poder te amar.

Vazio...

É o amanhã sem esperança

A fé sem o verdadeiro crer

É a fúnebre certeza

De nunca pertencer a você.

Vazio...

É essa vida vazia

Tão descrente em meu viver.

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br