Meu amado Denilsinho

Como me orgulho de você

Provaste desde cedo

Que nascestes para vencer.

De repente adoeces

E não pude compreender

O que acontecia em teu corpinho

Que pôs em dúvida o teu viver.

Quase um ano internado

Inúmeros exames, que até desconhecia

Doloroso foi ouvir do médico

A quase certeza de uma leucemia.

Teu fígado cresceu em dobro

Assim como seu mediastino

Oramos a Deus por sua vida

Rogando, que não fosse esse o teu destino.

As bênçãos chegaram rápidas

E com os cuidados médicos

Seu quadro reverteu

Tua luta pela vida foi tão grande

Que o milagre de Deus aconteceu.

Hoje você brinca, pula, canta, corre

Tens mais alegria em teu viver

Provastes a todos que te ama

Que viestes ao mundo para vencer.
 


Denilsinho travou uma grande luta pela vida e,
dela saiu vencedor.

A tia te ama muito!

Nádya Haua

 


 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br