Uma se oculta

A outra reluz

Uma ofusca

A outra seduz

São duas as faces

Uma forte, soberana

A outra frágil, mas não se engana

São duas na própria carne

Uma da outra esquecida

São duas as faces

Uma com vida

 Outra perdida

Uma odiada

A outra

Querida

 

 

Clique na figura
envie sua mensagem


 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br