Partiste,

deixando no brilho do espelho

as marcas sangrentas no dizer:

Esqueça-me!

Como esquecer?

Como?

se desliza em minhas veias,

o vício de te querer, e

refletem em meus olhos

o brilho de seu olhar,

em meu peito,

o teu sentir,

o teu pulsar.

 

Como te esquecer?

se o coração insiste em te chamar,

se meu destino é te seguir

é estar em seu caminho

é trilhar a mesma estrada

mesmo que seja com espinhos.

 

Como esquecer?

Como?

se eu morro lentamente

a cada dia em meu sofrer,

por essa dor que me angustia

que me mata

de saudades de você.

Como?

Como posso te esquecer?

 

 

Clique na figura
envie sua mensagem


 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br


Página melhor visualizada com Internet Explorer 4.0 ou superior - 1024x768
Copyright© Simplesmente Poeta - Todos os direitos reservados -
Política de Privacidade