Nádya Haua
 

 
 

Ele não é tão límpido

Mas, sua beleza é inigualável.

Imponente e majestoso

Beijava serenamente

A face da mulher amada.

Ela, inerte

Os carinhos dele aceitava

E foi num leve murmúrio

Que a onda do mar

A areia beijava.


 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo