Passaram-se vinte e cinco anos

De amor

Sonhos

Lutas e vitórias

 

 

 

 


 

Lado a lado

Passaram-se tantos anos

E vivemos como namorados.

 

 

 

 


 

Ainda me lembro

Do meu nervosismo na igreja

Ao caminhar até o altar e nele

Meu amor por ti depositar.

 

 

 

 


 

Passaram-se vinte e cinco anos

E hoje estamos mais uma vez

A selar esse compromisso

Nessa tão importante data

Diante do mesmo altar

Em nossas Bodas de Prata.

 

 

 

 


 

Senhor, Meu Pai

Abençoe sempre nossa união

Para que continuemos nos amando

Na alegria e na dor

Na riqueza e na pobreza

Na doença e na saúde

Em plena comunhão.

 

 

 

 


 

Permita assim, nossa caminhada

Rumo às Bodas de Ouro

Para bendizermos nossas vidas

Nosso casamento

Nosso tesouro.

 

20/05/2003

Bodas de Prata de Nádya e Hélio



 

 

Clique na figura
envie sua mensagem



 

Desde 25.05.2005,
Número de Visitas

Home

Direitos autorais registrados®

Voltar

Menu

Fale Comigo

Google
 
Web www.simplesmente.poeta.nom.br